Se Você Possui Um Disco SSD

24 May 2018 13:14
Tags

Back to list of posts

is?T7qFtJEqPDbolmv-m8l_EkG-9chvgGc1HGKZPcYz4j8&height=212 Ao assistir alguns dos canais do Megacubo, a transmissão pode conceder alguns "soluços", isso acontece quando um canal requer uma conexão mais rápida ou se o servidor do canal estiver sobrecarregado, com diversos usuários assistindo naquele horário. Confira abaixo algumas dicas para melhorar um pouco a transmissão dos canais, ao mesmo tempo várias dessas informações assim como melhorarão o carregamento de vídeos em websites como o Youtube e outros parecidos. Se você possui um disco SSD, certifique de instalar teu Megacubo nele. O Megacubo faz um exercício razoável do disco, desse modo movendo-o para um disco SSD, que é bem rapidamente do que um HD usual, dará uma interessante melhoria no funcionamento do seu Megacubo.A ferramenta podes errar. Nem sempre as recomendações da tua ferramenta serão as melhores. Eu quase agora tinha me esquecido, para compartilhar este post contigo eu me inspirei neste web site hd servidor, por lá você podes encontrar mais informações importantes a este postagem. É inaceitável para as pessoas que desenvolve uma ferramenta deste tipo prever todas as ocorrências possíveis. Ademais, a ferramenta nunca tem todas as informações relevantes ao negócio para poder fazer uma avaliação realmente segura. O ser humano ainda não podes ser substituído em sua inteligência de julgamento.Existem muitas ações que são capazes de ser conveniente automatizadas, novas não. É dessa forma que a figura do "conselheiro" somente aconselha, não decide. Um DBA experiente saberá no momento em que o conselho é vantajoso e quando não. Contudo pra essa finalidade você não pode ter se acomodado com o uso só da tua ferramenta automatizada. Dez entre dez DBAs se preocupam com discos mais do que qualquer outro componente do hardware. Não se trata só de ter espaço de armazenamento para seus fatos. Trinta 1000 num único disco.E não se surpreenda se ouvir conversar em bancos de fatos com milhares de discos. Assim este é um universo que o DBA tem que dominar. SATA, SCSI, SAS, Fibre Channel, iSCSI, RAID e novas tecnologias necessitam ser bem conhecidas. Não basta saber quais tipos de RAID existem, é necessário testa-los, saber Hd Servidor quais as diferenças quando implementados via software, por uma controladora ambiente ou em um storage externo.Os sistemas de arquivo também são motivos de intermináveis conversas. Dominar as suas diferenças, seus parâmetros e seu funcionamento e firmeza são obrigações do DBA. Um detalhe capcioso por aqui é que ferramentas de benchmarks pra discos e sistemas de arquivo costumam ser de pouca utilidade para o DBA. A carga que estas ferramentas criam nos discos improvavelmente equivale a carga que um banco de detalhes cria na prática. Portanto, a melhor maneira de testa-los, continua sendo por meio de programas que gerem carga diretamente no banco de fatos.Baseie as tuas métricas de disco por esse tipo de teste. É muito fácil alcançar ampliar o desempenho de um banco de fatos abrindo mão da segurança. Tenha em mente que as pessoas utilizam bancos de detalhes mais na tua confiabilidade e versatilidade do que pelo teu desempenho. Rotinas de backup, tolerância a falhas, garantia de ACID e algumas questões não podem ser jogadas na janela de uma hora para outra, a não ser que você se permita ser jogado na janela no momento em que as coisas derem falso. Existem parâmetros no SO, no SGDB e configurações de hardware que realizam o seu SGDB decolar, todavia o tornam muito vulnerável ao menor problema que suceder. É fundamental perceber bem os mecanismos de logs de transação e rollback. Ajustes nestes mecanismos tem extenso impacto nas operações de gravação. Ao mesmo tempo, qualquer falha nessa área compromete certamente a integridade do banco de fatos.A minha maior curiosidade foi relativa ao SSD, que apesar de eu utilize este tipo de drive no meu desktop principal desde 2010, eu ainda não tinha vivência dessa tecnologia em servidores de grande volume. A partição NTFS não é especificamente otimizada para evitar fragmentação de arquivos, e historicamente o servidor do fórum sempre teve grande índice de fragmentação. Sem ele (ou cada outro desfragmentador de disco), em alguns dias haveriam dezenas de milhares de arquivos fragmentados - e a performance diminuiria mesmo que o servidor tenha muita memória RAM.Desfragmentar SSD: sim ou não? A dificuldade nos novos servidores é que tecnicamente os SSD não necessitam ser desfragmentados, pois que e também ser desnecessário, ele reduz a sua existência proveitoso. Será que a falta de desfragmentação afetaria o servidor, ou a fragmentação não será perceptível, conforme todos os textos técnicos defendem? Quando o novo servidor entrou no ar, o Fórum do BABOO estava rapidíssimo e TUDO era instantâneo. Não obstante, aos poucos o tempo de renderização das páginas do fórum começou a ampliar.Bateria e referênciaAssistente de aquisição de imagens do Windows (WIA)Jessica citou: 23/07/doze ás 02:02RITA TIBIRIÇÀ PIMENTA alegou: 23/07/12 ás 00:17← Postagem AnteriorA união de 24 cores e muita memória RAM não era párea para a fragmentação real do SSD, e com isso eu habilitei a opção de SSD Defrag do PerfectDisk. Essa opção não otimiza os arquivos existentes, todavia sim o espaço livre - e isso beneficia o TRIM (comando utilizado pelos SSD para definir quais blocos conseguem ser utilizados e quais não), sempre convertendo em um nanico ganho de performance. Mesmo com o SSD Defrag habilitado, a renderização das páginas continuava com pequenas travadas, e isto começou a me incomodar muito. Ao fazer uma análise rápida da principal partição do fórum, o PerfectDisk me mostrou que haviam cerca de 480 1000 fragmentos ali!Bem que este tipo de observação não seja muito real, uma vez que a maneira do SSD salvar as informações é contrário do HDD habitual, o bom senso me dizia que era hora de definir isso. Deste modo, a título de teste (e tendo certeza que o backup lugar e remoto de todas as partições estavam atualizados), eu configurei o PerfectDisk para fazer uma desfragmentação de SSD da mesma forma que ele faz nos HDDs.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License